Início / Gospel / Pastor conselheiro de Donald Trump afirma que a Igreja Católica foi criada por satanás

Pastor conselheiro de Donald Trump afirma que a Igreja Católica foi criada por satanás

A animosidade entre católicos e evangélicos que por muitos anos imperou no Brasil, nunca existiu na mesma prorporção nos Estados Unidos, país com amplo número de protestantes e história essencialmente ligada à fé cristã. Mas, uma declaração de um influente pastor pode iniciar um sério desconforto.

No mês em que se comemoram os 500 anos da Reforma Protesante, Robert Jeffress, líder da Primeira Igreja Batista de Dallas, Texas, se tornou alvo da grande mídia internacional por ter afirmado, há seis anos, que o catolicismo foi inventado por satanás.

Jeffress é um dos principais conselheiros do presidente Donald Trump e foi também um dos grandes apoiadores da campanha do bilionário em 2016, já que a igreja que ele dirige possui um megatemplo, com mais de 10 mil membros.

No áudio repercutido atualmente pela revista Newsweek, Robert Jeffress afirma que a Igreja Católica é uma “religião pagã semelhante a uma seita”, que teria sido criada por satanás. A base das afirmações do pastor é o famoso argumento de que o catolicismo romano se vale de elementos do sistema religioso da Babilônia.

Usando um texto de Apocalipse, Jeffress diz que o “mistério: Babilônia” mencionado é a Igreja Católica, já que muitos dos elementos ritualísticos da denominação foram adquiridos dos cultos pagãos, incluindo a figura do papa (“pontifex maximus”) sendo uma “ponte” direta para satanás.

Nessa pregação, Jeffress diz acreditar que o Vaticano representa a igreja de Pérgamo (Apocalipse 2:12-17), e que receberia o “trono de satanás”.

O pastor Robert Jeffress, embora seja um importante e respeitado líder evangélico dos Estados Unidos, costuma ser alvo da grande mídia do país por suas posições extremamente contundentes. Ele já foi criticado por afirmar que a Igreja Mórmon seria uma seita enquanto apoiava a pré-candidatura à presidência do ex-governador do Texas, Rick Perry, em 2012, contra um mórmon, Mitt Romney.

O interesse da mídia em Jeffress foi retomado porque na última sexta-feira, 20 de outubro, Trump usou o Twitter para elogiar o novo livro do pastor, A Place Called Heaven: 10 Surprising Truths About Your Eternal Home (“Um Lugar Chamado Paraíso: 10 verdades surpreendentes sobre seu lar na eternidade”, em tradução livre).

Fonte: Gospel Mais

Sobre Administrador

Veja também

Tonzão-Chagas-642x350

Nem começou direito o ano de 2018. Cantor abandona a musica gospel;

2018 nem bem começou e já teve cantor largando a música gospel. Na verdade, a história …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *