Início / Notícias / Brasil / Pastor e agredido. Porque estava pregando em praça pública

Pastor e agredido. Porque estava pregando em praça pública

Um pastor evangélico estava pregando em uma praça pública, quando foi surpreendido por um homem identificado pela polícia como Jerfesson Matos, que agrediu o pastor, alegando que ele estava falando muito alto. pastor O pastor estava com intrepidez pregando seu sermão e convidando o povo presente para fazer uma oração, mas ao fechar os olhos para orar, de repente o jovem Jerfesson Matos, que é homossexual, incomodado com o volume do som e com a pregação do pastor,  passou a agredi-lo com murros e pontapés, então o povo partiu para cima do rapaz para defender o pastor, mas Jerfesson conseguiu correr e fugir do local. Dá para ver os ferimentos no rosto do pastor, muito sangue escorrendo em sua face devido aos hematomas gerados pela agressão sofrida. Mesmo assim os crentes louvaram a Deus pela agressão que o pastor levou e pediram para Deus perdoar o rapaz que agrediu o religioso. Para as pessoas que estavam presente o que importa é o que está na Bília que diz: “Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”(Efésios 6:12). Outro evangélico pegou o microfone e continuou com o culto ao ar livre e até aquele momento a policia não tinha aparecido ainda no local. Segundo relatos, o jovem Jerfesson era conhecido de algumas pessoas que estavam no local e devido a isso a polícia conseguiu localizá-lo em sua residencia e deu-lhe voz de prisão.

Fonte: Gospel Geral

Sobre Administrador

Veja também

ddcfad744970f7e947001f14fc3475c8

VELÓRIO INUSITADO: Morto é posto sentado e ‘jogando videogame’

A família de Renard Matthews, de 18 anos, morto a tiros em Nova Orleans (EUA) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *